J. Simões

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Obras


As Trincheiras


As Trincheiras

30,00
0000000000
1998
338
14 x 22

Novela, Prêmio Bolsa Brasília de Produção Literária 1997. Narrativa , em três tempos e em três cenários. O personagem central, homem de 44 anos, entra em "crise existencial", na "crise dos quarenta" e resolve viajar para reviver o seu passado. Pára na sepultura do seu irmão, morto há quarenta anos, e de quem, mais tarde, assumiu a identidade. A trama toda é um estranho depoimento feito ao irmão morto e focaliza os diversos e variados acontecimentos da vida do personagem, em retrospectivas. O cenário predominante é a região de Formoso/Trombas, onde o personagem vivera parte da infância e da adolescência, participando dos conflitos (guerrilha) pela posse das terras (Fatos reais que motivaram a novela, sem que a narrativa seja autobiográfica ou memorial). Trama de ação, amor e aventura, de cunho psicológico. Resgata costumes e tradições do interior goiano, inclusive a linguagem característica; analisa aspectos políticos, religiosos e sociais. Sua grande tônica é o interior do homem, a introspecção, que faz a trama toda caminhar, complicar e resolver-se mediante a assertiva: "O homem é o que pensa."

 

Aprendizes do Amor


Aprendizes do Amor
20,00
857062205-8
2000
170
14 x 22
Romance.de amor. Em Valparaízo, Soraya, aos dez anos, órfã de pai, é estuprada pelo padrasto. A garota é salva e sobrevive. Elton tinha um "meio namoro com Soraya". Soraya muda-se com a mãe para Samambaia e perde o contato com o Elton. A mãe acaba de criar a filha, trabalhando como diarista em casas de família. Numa das casas em que Dona Noêmia trabalha, Soraya faz amizade e torna-se afilhada, de fogueira, da mãe da Milena e, aos 15 anos, Milena vai participar de uma festa coletiva de debutantes. Soraya ganha da madrinha a participação na festa e, em decorrência, é convidada para ser modelo, Acaba aceitando e faz sucesso rápido. Há um tratamento psicológico em que Soraya encontra os primeiros passos para a cura dos seus traumas. Milena recebia cartas e poemas anônimos e, daí, trava-se um romance. Soraya reencontra Elton. O texto focaliza as dificuldades de relacionamento familiar e amoroso, fantasias e realizações da adolescência, numa linguagem coloquial, com um enredo linear bastante envolvente. O livro tem grande aceitação nas escolas, com calorosos elogios especialmente das adolescentes. (Em pesquisa recente, foi classificado em 1º lugar (entre os editados pelo Projeto O Livro na Mão fase 1), e aceitação nas escolas.
 

Amigos do Peito Verde

Ler no Google Livros

Amigos do Peito Verde
15,00
8570622090
2000
109
14 x 21
"É uma obra que gera prazer ao ser lida, por trazer fatos marcantes. Além disso, as atitudes das personagens nos fazem perceber que devemos intervir em nosso meio para torná-lo melhor e, que é bom apegar-mo-nos ao passado próximo ou distante, pois isso nos traz benefícios morais e aprendizado.
É uma obra cativante que deve ser lida, principalmente por aqueles que deixam passar desapercebidas as coisas simples, porém belas, como são as pequenas lembranças que nos transportam a uma infância saudosa e distante."

(Creuza de Fátima S. da Silva, aluna de Psicologia, UCB - 2000)

"Observei que o autor quis transmitir ao leitor quanto é necessário proteger e dar assistência às reservas ecológicas e que não se deve desistir nunca de um objetivo. Assim como Marcondes e Alexandre não desistiram de atravessar a gruta, mesmo sabendo do perigo e tudo de diferente que poderiam passar. Esses e outros aspectos criaram em mim uma imagem de admiração pelo autor e um apego apreciativo pela obra Amigos do Peito Verde.

(Mirian Colonna dos Santos: Aluna de Ciências da Computação, UCB 2000)

"O autor utiliza vários recursos descritivos divertindo e fazendo com que embarquemos numa viagem imaginária pela natureza, junto com seus personagens, desde o século passado até os dias atuais. É também um passeio leve, agradável, contundente pelo verde. É um livro que desperta. Admirável na simplicidade com que prende o leitor. Seu fechamento é emocionante e proporciona uma reflexão acerca do tocante problema do meio-ambiente."

(Edson Maciel Maciel Marques - Aluno da UCB: Ciências da Computação, 2000)

"O autor usa uma linguagem bem jovial, brincadeiras adolescentes, grandes amizades, drama, o que faz do "Amigos do Peito Verde" um livro emocionante que prende o leitor e faz com que mexa com nossos sentimentos, torcendo, vibrando com o Marcondes, o Alexandre e os demais personagens do início ao fim. É uma aventura que merece ser apreciada."

(Daniel Fturuoso Trindade. Aluno da UCB, Processamento de Dados - 2000)

"Esta história é recheada de momentos de muita emoção e de dúvidas de seus amigos que escutavam e não acreditavam na narrativa do garoto. É de fácil leitura, indicado para todas as idades, abordagem simples e atranete prendendo a atenção do leitor, sme que este necessite de grande embasamento para o pleno entendimento do texto."

(Isabela Corrêa Barbosa. Aluna da UCB - Ciências Contábeis, 2000)

 

A Moça do Rio

Ler no Google Livros

A Moça do Rio
15,00
00000000000
2000
149
14x21

Coletânea de contos e crônicas, mesclando os ambientes rural e urbano. Convida o leitor a fazer uma viagem de reflexão sobre a vida, os valores. Os assuntos e temas são variados, mas sempre focalizando algum aspecto vivencial, existencial,político-social, alguma crença ou crendice, ou facetas dessas vertentes. No geral, é uma análise pscológica da vida, da sociedade. Enredos predominantemente lineares, mas com conteúdos e idéias que possibilitam analisar e debates. Linguagem coloquial, com alguns regionalismos goianos.

 

A Grande Corrida

Ler no Google Livros


A Grande Corrida
15,00
857238193-7
gt; 2005
120
14x21

Coletânea de contos estilizados em que personagens e tramas fazem uma crítica ao discurso óbvio, do vazio ou no silêncio do desconhecimento. São seis contos que estilizam os problemas existências, especialmente os profissionais, as vivências, utilizando a influência da teoria da Análise de Discurso para discutir comportamento humano, os níveis e processos de comunicação com seus falares, suas formações discursivas. Com um padrão literário, os enredos aplicam a teoria discursiva, criticando as leituras lineares, o supérfluo, o óbvio que é ministrado em todas as instância e níveis de ensino. É um livro indicado para os níveis médio e superior de ensino. É indicado para o Ensino Médio e, mais especificamente, ao Superior.

 

 
Mais Artigos...


JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Pesquisar no texto dos livros: